Artigos Acadêmicos

16/11/2017

Cálculo do alargamento e alongamento em forjamento em matriz aberta de um cilíndrico vazado

Sabendo que o alongamento de componentes cilíndricos são induzidos com o intuito de produzir eixos de grande porte, este trabalho tem como objetivo analisar o alargamento e o alongamento durante o forjamento em matriz aberta de tarugos cilíndricos prevendo a forma resultante
08/05/2017

Análise do comportamento das deformações e tensões do forjamento através da simulação numérica

Durante a deformação plástica de um material metálico causada pelo forjamento, os valores de deformações e tensões se comportam de forma distintas, dependendo da região analisada. […]
13/12/2016

Comportamento da temperatura da água da piscina de resfriamento no tratamento térmico de austenitização do aço Hadfield

O tratamento de austenitização é de fundamental importância para a qualidade do aço Hadfield, já que é o tratamento que garantirá a total austenitização do material. Dentre as variáveis que devem ser controladas estão a temperatura de tratamento e velocidade de resfriamento. O presente trabalho aborda um estudo de caso sobre o controle da temperatura dentro do forno de tratamento térmico, bem como o comportamento da temperatura da água na piscina durante o resfriamento do material
11/04/2016

Análise das deformações e das tensões para o forjamento em matriz aberta de eixo vazado

Este trabalho tem como objetivo analisar o Forjamento em Matriz Aberta (FMA) de tarugos cilíndricos com o intuito de produzir um eixo vazado através de simulações […]
03/04/2016

Condições da deformabilidade/forjabilidade dos metais

De uma forma geral, a deformabilidade (ou forjabilidade) pode ser avaliada através de um ensaio de tração para um efeito comparativo entre diferentes materiais ou histórico de um mesmo material. Nesse sentido, pode-se analisar efeitos da microestrutura, temperatura, velocidade de deformação (strain rate) e deformaçã
15/10/2015

Efeitos de precipitados sobre as propriedades mecânicas do aço inoxidável superduplex UNS-S32760

Os aços inoxidáveis duplex (AID) e superduplex (AISD) são ligas que se caracterizam por apresentar uma microestrutura composta por frações volumétricas similares das fases ferrita e austenita. Dependendo da composição química e do tratamento termomecânico aplicado, a microestrutura dos aços inoxidáveis AID e AISD poderá apresentar, além das fases ferrita e austenita, fases intermetálicas deletérias. Portanto, neste trabalho foi realizado um estudo com o objetivo de analisar a influência da precipitação das partículas de segunda fase nas propriedades mecânicas do aço UNS-S32760
15/10/2015

Influência dos Desmoldantes no Forjamento de Peças em Matrizes Fechadas

O trabalho avalia numericamente a influência do módulo de compressibilidade de alguns desmoldantes sobre o preenchimento das cavidades de matrizes no forjamento a quente de uma porca oitavada, realizado em uma matriz fechada sem a formação de rebarba. Mostra-se que as previsões através de modelagem numérica por elementos finitos descrevem adequadamente os resultados experimentais encontrados
19/04/2015

Análise das deformações, tensões e forças sobre um parafuso de fixação empregando a TEP e o FEM

Objetivo do artigo é realizar um estudo comparativo das deformações, das tensões e das forças na fabricação do parafuso
09/04/2015

Sistema CAD/CAE/CAM no forjamento de geometria de média complexidade

A utilização dos softwares do sistema CAD/CAE/CAM torna-se cada vez mais importante para o aprimoramento do processo de forjamento
19/03/2015

Efeito de tratamentos termomecânicos na microestrutura de ligas biomédicas de Ti-15Zr-Mo

Analisamos o efeito de diferentes tratamentos termomecânicos na estrutura, microestrutura e em algumas propriedades mecânicas de ligas de Ti-15Zr-Mo
14/12/2014

Considerações sobre o processo de forjamento a frio

Todos os materiais que apresentam uma determinada ductilidade a temperatura ambiente podem ser deformados a frio
04/12/2014

Emprego do ultrassom em produtos forjados para verificação de descontinuidades

A realização do ensaio não destrutivo de ultrassom permitiu a verificação da presença ou ausência de descontinuidades internas no material comprimido