Derrubando barreiras na simulação do TT

Você precisa fazer login ou se tornar assinante para visualizar este conteúdo.

Veja nossos Planos

2 Comentários

  1. Luiz Roberto Hirschheimer disse:

    Com toda a certeza, a ferramenta é muito interessante.
    Como o próprio autor comenta em sua apresentação, a dificuldade maior reside na introdução/ aquisição dos dados de entrada para os cálculos e posterior simulação dos ciclos de tratamentos térmicos. Com certeza, nada impossível de ser feito; reque, apenas, dedicação ao assunto.

    • Olá Luiz,

      Obrigado pelo comentário!
      De fato, a introdução de materiais nos modelos é um dos maiores entraves, pois obter os dados completos dos materiais é trabalhoso, demandando muito tempo e altos custos. Simulações com boas tendências podem ser obtidas com maior eficiência utilizando-se um simulador de dados de materiais, como o JMatPro.
      Caso não conheça, você pode baixar a versão demonstrativa em http://www.sixpro.pro/training/jmatpro/

      Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *