Metalurgia do pó, MA e premiações

 

Cerca de uma década atrás, nós demos uma olhada na premiação anual da MPIF (Metal Powder Industries Federation – Federação das Indústrias de Metalurgia do Pó (MP)). Muita coisa mudou neste campo em uma década e pensamos que revisitar esta indústria e a premiação, anunciada durante o POWDERMET 2017 (Conferência Internacional de Metalurgia do Pó), em Las Vegas em junho passado, seria de interesse de nossos leitores.

Na mesma época da premiação, foi revelado o PM Industry Roadmap 2017 (Roteiro para a Indústria de Metalurgia do Pó, documento com diretrizes e visão para esta indústria), que atualizou a versão anterior de 2012. Para aqueles que não estão diretamente envolvidos na indústria, o Sumário Executivo do Roteiro é bem útil. Ele diz: “O processo MP pode ser dividido em quatro categorias: convencional ou prensado e sinterizar; moldagem por injeção de metal; pressão isostática quente ou fria; e fabricação de aditivos metálicos”.

Mesmo sem pretender, o Roteiro indica que a indústria de MP é conduzida por aplicações automotivas. A indústria vê oportunidades de crescimento nos seguintes campos: energia, aeroespacial, setor médico/dentários, elétricos e eletromagnéticos, defesa e produtos industriais e de consumo. “O refinamento e a aceitação da Manufatura Aditiva (MA) aumentarão a demanda por novos e únicos pós metálicos, equipamentos e produtos/aplicações.” O segundo maior mercado de MP atualmente são produtos industriais/de consumo, e a MA provavelmente adicionará a esta posição.

O Roteiro identificou as quatro principais áreas de enfoque das prioridades de tecnologia na próxima década como componentes de MP de alta densidade, processamento de materiais leves, melhora no controle de precisão/rigor/variação MA do metal. Para MA, o próprio pó em si parece ser o maior desafio. À medida que os requisitos de pó são melhor compreendidos, precisam ser desenvolvidas especificações, adotar padrões de testes e criar diretrizes para reciclagem de pó.

Vencedores dos Prêmios da MPIF

A GKN Sinter Metals (multinacional britânica com unidades no Brasil, em SP e no RS) levou o prêmio nas categorias de Transmissão Automotiva e Chassi Automotivo. A parte da transmissão foi uma montagem feita para a nova transmissão 10-marchas da F-150. A parte do chassi entra em um mecanismo elétrico reclinável para o banco traseiro de uma minivan. Phillips-Medisize (EUA) ganhou o grande prêmio na terceira categoria automotiva (Motores). A peça premiada foi uma de válvula de combustível usada para gás natural comprimido, e foi desenvolvido para a Delphi.

O grande prêmio na categoria Aeroespacial/Militar foi conquistado pela Dynacast Portland (EUA) por um controle e guia de foguetes desenvolvida para a Raytheon (EUA). A FMS Corporation também ganhou dois grandes prêmios. Um deles por uma roda dentada motriz  na categoria Ferramentas Manuais/Recreação, e o outro era um encaixe de aço inoxidável para alavanca hidráulica, na categoria de Motores Industriais/Controles e Hidráulica.

Os dois prêmios finais foram nas categorias de Hardware/Aplicação e Área Médica/ Dental. Indo-MIM Pvt. Ltd., da Índia, ganhou na categoria H/A com peças inoxidáveis para uma unidade de controle de temperatura de chuveiro. ARC Group Worldwide (EUA) venceu na categoria M/D com uma peça usada para remover o osso durante a cirurgia do joelho.

Além dos oito vencedores do grande prêmio, foram selecionados outros 10 Prêmios de Distinção. A Industrial Heating felicita todos os vencedores do prêmio deste ano.

 

Preferências do Leitor

A cada dois anos, a IH dos EUA realiza uma pesquisa com seus leitores para descobrir suas preferências. Perguntamos aos leitores se eles sentiam que estariam usando, processando ou produzindo peças de MA nos próximos cinco anos. Um total de 65% dos entrevistados disse que sim ou não tinham certeza.

A maioria dos nossos leitores aprecia informações sobre novos produtos/tecnologias (como MA), bem como nossos artigos e notícias da indústria. 82% dos leitores prefere receber a revista, seja impressa ou a edição digital.

Agradecemos muito o apoio de nossos leitores e anunciantes e estamos ansiosos para um futuro com o fornecimento do melhor conteúdo disponível no setor de processamento térmico de altas temperaturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *